14.8.07

"O Material"

A questão do material. Pois bem passo a explicar, pois a língua portuguesa pode ser muito traiçoeira. Passo a exprimir o meu pensamento.
Constantemente, escuto atentamente, as pessoas que têm hobbys em comum, devido ao facto de me fascinarem. Sim, as pessoas com hobbys fascinam-me, sinto um grande respeito por elas. Talvez por eu nunca ter tido um hobby, via-as como seres especiais, dotadas de poderes quase sobrenaturais. Enfim, não me vou alongar sobre esta questão porque não é este o assunto do post, apesar de estar relacionado.
Voltando ao meu raciocínio de escutar as pessoas, quase numa atitude de cusquice, verdade seja dita, ouço-as a conversarem, na maioria das vezes, não sobre a actividade em si, mas para surpresa minha (neste momento a surpresa já desapareceu) sobre o material que utilizam.
Passo a clarificar, no outro dia estavam ao meu lado uns rapazes que se dedicam à espeleologia (ciência que se
dedica ao estudo e exploração das cavidades naturais, tais como a formação das grutas, cavernas, fontes e águas subterrâneas). E qual era o assunto de conversa?? Ah! pois é, não eram as grutas onde estiveram, como fizeram para descer e subir, quanto tempo estiveram lá, não, não, o assunto eram as cordas e qual a marca melhor, os carretes e mais sei lá o quê. Mas não pensem que são só os espeleólogos, os observadores de aves são a mesma coisa, não falam sobre os pássaros que viram e onde, falam dos binóculos e dos telescópios e das marcas, eles adoram marcas. E os fotógrafos, ai, os fotógrafos, esses na minha opinião batem todos os recordes, são as máquinas em si, depois, as lentes, porque existem 300 mil lentes diferentes que fazem 300 mil efeitos diferentes, e os flashes e os tripés e os.....
Ufa!!! O material, o material é quase tão, ou mais importante quanto a actividade em si, é a conclusão que chego. Será coisa de testosterona?

10 comentários:

Sarita disse...

qualquer dia encontras alguém como tu com o hobby do origami e é ouvir-vos falar sobre tipos de papel e dobras especiais! ehehehe! =)
Beijinhos

Neo disse...

É isso mesmo sarita!!! Paulinha, se as marcas e os tipos das coisas não interessam faz lá origami num bocado de papel higiénico!!! Vá, faz… E que fique resistente, não te esqueças.
Acredita que os meios para realizar algo, são hoje em dia, deveras importantes, e sabes porquê? Porque existem, logo, se existem as pessoas exigem-os! As ferramentas têm de ter qualidade senão são para esquecer.
Bom post. :)

Neo disse...

Acredito que quem observa e fotográfa aves também fala de aves… Depois, claro, falam de como observaram/fotografaram, com que equipamento (porque até ficou muito fixe), etc, etc.
AH, é verdade!!! A qualidade paga-se! E vale a pena! :P

LadyBird disse...

:)
Eu sei que o material é importante, e cada vez mais me apercebo disso.
Agora levar o tempo todo a falar dele, por favor...

Neo disse...

ahahahahahah! É o entusiasmo!

Paula disse...

Ahahahaa

LadyBird disse...

Olá Paulinha!!!
Quando é que conheço a tua princesa??

Paula disse...

Oláa. Terás de conhecê-la quando cá vieres ou eu for aí... temos de nos manter em contacto nas nossas viagens, para conheceres a "bênção" pessoalmente.
Beijocas grandes

LadyBird disse...

Daqui a aproximadamente duas semanas estou por aí. Tomarei a liberdade de contactar-te, ok?

Paula disse...

Of course, Paulinha. Beijocas